Minha Casa Minha Vida – Programa habitacional do governo

0
423
Minha Casa Minha Vida
Minha Casa Minha Vida
Publicidade

Minha casa minha vida – programa habitacional do governo que proporciona boas condições de financiamento para famílias com baixa renda. Mas, esse programa também pode participar outras pessoas com rendas diferentes e, assim, obter subsídio também. Com mais de 11 milhões de famílias beneficiadas, é um dos programas mais bem sucedidos do Governo Federal.

Se você conhece e quer se inscrever, essa poderá ser sua chance. A seguir, te passaremos algumas informações sobre o programa, como ele funciona e por fim, a melhor maneira de se inscrever.

O programa Minha Casa Minha Vida

programa do Governo Federal, criado no ano de 2009, com o objetivo de proporcionar uma morada digna para os brasileiros que precisam. Esse programa contempla uma boa parte de famílias brasileiras, dando a oportunidade de financiamento em que podem chegar a 90%do valor do imóvel.

Publicidade

Além do que, as prestações são estipuladas de acordo com a renda fixa mensal familiar, não causando quebras de orçamentos que, por vezes, já é sobrecarregado por contas do dia-a-dia.

As famílias que se interessaram e desejam se inscrever  no programa deverão ir até a prefeitura de sua cidade ou ate uma agência da caixa e pedir um formulário de inscrição. Depois apenas aguarde a convocação.

Faixa de renda da Minha Casa Minha Vida

A seleção por famílias necessitadas para participarem desse programa são baseadas em faixas mensais de renda bruta. Por esse motivo é essencial  que conheça todas as faixas permitidas.

Publicidade

Faixa 1: É a principal e contempla as famílias com renda de um total mensal R$ 1.800,00. O valor das parcelas são baixos variando de acordo com a renda. Nessa faixa, o valor do subsídio pode ser até 90% do valor total da casa.

-Faixa 1,5: É a segunda faixa e ajudam família que possuem renda total de R$ 1.801,00 até R$ 2.600,00. Com prazo de pagamento de até 30 anos e famílias que participarem desse plano terão acesso a um subsídio no valor de R$ 47.500,00.

Faixa 2: Possuir renda mensal bruta de R$ 2.601,00 até R$ 4.000,00. Com o subsídio de até R$29.000.

-Faixa 3: Com renda familiar de R$ 4.001,00 até R$ 9.000,00. Nesse caso não terão direito a um subsídio, mas juros e taxas menores que as outras.

Como realizar a inscrição?

As famílias que se encaixam na faixa deverão ir ate a Prefeitura de sua cidade e pedir um formulário para ser preenchido. Deverá ter em mãos RG original e assim que preenchido deverá apenas aguardar a convocação.  Com prazo indeterminado. Da faixa 2 em diante, só será possível fazer esse processo comparecendo a uma agência da Caixa.

A Câmara dos Deputados aprovou nesta segunda-feira dia 20 de Junho de 2020 um projeto de lei que suspende, por 180 dias, o pagamento das prestações de financiamento imobiliário de beneficiários do programa Minha Casa Minha Vida.

Publicidade

O texto segue para o Senado e, para entrar em validade, ainda precisará ser sancionado pela Presidência da República. O objetivo da suspensão é dar um socorro financeiro aos beneficiários diante da pandemia do novo coronavírus.

Pela proposta, os beneficiários de faixa 1 – famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil – terão a cobrança suspensa por 180 dias. O prazo só vale a contar quando a lei for publicada no “Diário Oficial da União”.

Além disso, os contratos de financiamento serão estendidos pelo mesmo período, para alocar as parcelas pausadas e evitar o acúmulo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui